terça-feira, 31 de julho de 2012

Circulando: Roma Antiga

Ruínas milenares são encontradas por toda cidade de Roma. Mas as maiores atrações que remetem aos tempos do Império Romano situam-se ao redor do Coliseu.

Fórum Romano

O Fórum Romano fica junto ao Coliseu, mas suas ruínas também podem ser vistas da Piazza di Campidoglio e de outros pontos da rua. Entrada com o mesmo ingresso do Coliseu.



Fórum Romano: Palácio de Sétimo Severo


Reunia as atividades sociais, religiosas, políticas e econômicas da vida romana. Com o tempo, os imperadores foram construindo novos templos e monumentos, que hoje, bem preservados, são destaques do local, como o Templo de Antonino e Faustina, o Arco di Tito, além da Via Sacra que dá na Santa Francesca Romana, igrejinha em estilo românico muito bonita, onde não podemos entrar, pois seria realizado um casamento e o noivo estava na porta com os familiares aguardando a noiva. Também não consegui chegar (caminhar mais um pouco) no Palatino (acesso com o mesmo ingresso), morro onde Roma nasceu, atualmente um amplo espaço onde ruínas das casas dos imperadores se integram com um parque. Bem ficará para a próxima visita a Roma.

Arco di Constantino e Fórum Romano
Arco di Constantino

O Arco di Constantino fica ao final da Via di San Gregorio, quase ao lado do Coliseu. É um arco triunfal, grandioso, e foi um dos últimos monumentos da Roma imperial. Foi construído em 315 d.C.,para celebrar a vitória de Constantino sobre o imperador Messanzio.



Pantheon

O labirinto de ruas estreitas que cerca o Pantheon reúne restaurantes e cafés e tem uma das mais belas vistas da cidade. O Pantheon inspira reverência, e é um dos símbolos de Roma.Fica na Piazza della Rotonda e tem entrada gratuita. Foi construído por ordem de Marco Agrippa, em 27 a.C., em homenagem a todos os deuses. É o edifício antigo mais preservado de Roma. No local foram sepultados personagens importantes como o pintor Rafael Sanzio, os arquitetos Baldassarre Peruzzi e Giacomo da Vignola e alguns reis italianos. Tem as maiores portas de bronze do mundo e suas colunas foram construídas a partir de um único bloco de pedra. É iluminado por uma abertura central de quase 9 metros (impressionante a obra  que capta água da chuva). Tiramos  fotos da abertura e do interior, mas não ficaram comigo, infelizmente.

A Eliza Duarte Mello mandou a foto!


Créditos


As Fotos são de Sonia Oliveira e Lu Costa, jun.2012.
Consulta de dados sobre Roma foram retiradas do Guia visual: Itália, Folha de São Paulo, e do Guia criativo para o viajante independente na Europa, Zizo Asnis.

domingo, 29 de julho de 2012

Darling Mystic in Dark - esgotada



Esgotada

Bag em couro ecológico com bolsão em tecido de algodão.




Este tecido é uma criação da designer Pat Bravo (já divulguei vídeo da Pat Bravo aqui no blog), da Collection Bohemian Soul, e o nome é Mystic in Dark.




Já o tecido que usei para borda do bolsão é algodão nacional, muito delicado e compôs muito bem.




Alças reforçadas e fecha com botão de imã.




Forrada em algodão natural e tem bolso interno do mesmo tecido do detalhe do bolsão.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Circulando por Roma: Coliseu


Quando fomos a Roma em 2010 não conseguimos visitar o Coliseu por dentro, apenas passamos por ele. E um dos objetivos desta vez era retomar o que não foi possível fazer naquela vez. Então começamos por ele.


Coliseu ou Colosseo
O maior anfiteatro de Roma foi encomendado pelo imperador Vespasiano em 72. Imperadores e cidadãos ricos assistiam a combates mortais entre gladiadores e lutas entre animais selvagens. O número de mortes era muito alto; nos combates inaugurais, em 80, mais de 9.000 animais ferozes foram mortos.

vista interna do Coliseu

O Coliseu tinha capacidade para 55 mil pessoas, que se distribuíam nos lugares de acordo com sua posição social. Portas e escadarias levavam aos diferentes níveis da platéia. O imperador e o cônsul tinham entrada privativa.


vista interna
 O Imperador Vespasiano ordenou que o Coliseu fosse erguido no local do palácio de Nero.


vista interna

A arena escondia uma rede de elevadores e jaulas para animais selvagens.




Os corredores internos permitiam que a multidão se acomodasse rapidamente. 




Tem a fachada dórica, jônica e coríntia e era todo revestido em mármore. A fachada inspirou muitos arquitetos renascentistas, que também pilharam a construção, levando seu mármore travertino para construir palácios e parte da basílica de São Pedro.




Consideração pessoal: A entrada custa 12 euros, e 7,50 para viajantes com passaporte europeu com menos de 26 anos, e o ticket é válido para o Palatino e o Fórum Romano, com validade de 2 dias. Tem de visitar, mas uma vez é suficiente. Ambiente pesado, passei toda visita pensando no sangue que foi derramado para divertir a multidão e seu imperador.


Créditos


As Fotos são de Sonia Oliveira e Lu Costa, jun.2012.
Consulta de dados sobre Roma foram retiradas do Guia visual: Itália, Folha de São Paulo.


quinta-feira, 26 de julho de 2012

Circulando por Roma



Desde a sua origem, Roma está envolta em história e lendas. A cidade tem a história em cada canto, com grande quantidade de atrações milenares: igrejas, museus e ruínas. Esbanja grandiosidade, monumentos e engarrafamentos.




É uma das cidades mais visitadas do planeta, lotada de turistas em todas as épocas do ano.



Roma pede caminhadas, muitas caminhadas. Só assim se pode conhecer a cidade: percorrendo para descobrir praças graciosas, obras arquitetônicas do antigo império, os monumentos (que são muitos), chafarizes e obeliscos.


Quando cansar, pare e descanse em algum café, e peça um gelato, ou então procure uma trattoria, melhor ainda, quando a fome apertar.


Muitos atrativos estão concentrados e devem ser visitados a pé. Não esqueça o mapa, que se consegue nos postos de turismo ou no hotel e com ele planeje os seus roteiros. Ah, use tênis ou um sapato bem confortável.



Na margem direita do Rio Tibre fica a maior parte das praças e monumentos históricos, como o Coliseu, o Foro Romano, o Monumento a Vittorio Emanuelle e a Piazza Campidoglio, a Piazza del Popolo, a Piazza Navona, a Fontana di Trevi, etc.



Na margem esquerda fica o Vaticano, atração a parte.



Muitas pontes ligam as duas margens, e eu acho as mais bonitas a do Sant'Angelo e a Ponte Fabrício.


Apesar das longas quadras, é ótimo caminhar por Roma.




Não esqueça de olhar para cima e observe os detalhes arquitetônicos dos prédios, terá muitas surpresas.


A maioria das ruas e praças tem placas de identificação, o que ajuda muito e confirma se a leitura do mapa está certa. Mas se perder e se achar faz parte da aventura.


Roma sempre foi um próspero centro de design e compras. Mas a cidade não é sinônimo de pechincha mas aqui basta namorar as vitrines para se sentir feliz e atualizado.


A tradição artesanal é forte e a paixão pelo bom design se reflete em todos os itens.  Os designers italianos tem merecida reputação por seu estilo luxuoso aplicado a roupas, malharia e artigos de couro (sapatos e bolsas), assim como ao design de interiores , tecidos, cerâmicas e vidro. E tudo isto se acha em Roma!




É uma alegria caminhar pelas ruazinhas estreitas e de repente se chegar a um espaço aberto com um obelisco ou fonte d'água no centro. É uma alegria, repito.


Não importa quanto tempo se fica em Roma: o tempo será sempre insuficiente, exigindo retornar à cidade.


Créditos


As Fotos são de Sonia Oliveira e Lu Costa, jun.2012.
Consulta de dados sobre Roma foram retiradas do Guia visual: Itália, Folha de São Paulo.

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Master Bag Sustentável - esgotada



Esgotada

São pedaços de tecido de lã, bem quentinha e macia. Fui unindo, costurando, bordando, inventando e deu esta Bag lindona.




Apliquei renda de algodão sobre os quadrados, fiz topes de fita mimosa e arrematei com um botão cheio de charme.




Fecha com zíper metalizado e então coloquei um coração mimoso para terminar...




O verso é diferente da frente, mas também cheio de surpresas.




Bordadinho em zic- zac com botão dourado.




Aplicações de flores e bordados!




Mais botões ...



Laterais, fundo e alça em lã cinza super macia.




Outro tope de fita mimosa com botão. Nada se repete.




Prá quem levar, vai ser super companheira nestes dias frios, combina com tudo e leva muita coisa.




( * * )

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Bag do Bruno - Esgotada



Esgotada

Bag em blue jeans e jeans grafitado, modelo masculino.




Super utilitária com bolsão na frente e bolsinhos internos, fecha com botão imã.




Fundo e aba em couro ecológico marinho.




Pode usar usada traspassada ou tiracolo. Tem as alças super reforçadas.




Forte para aguentar o tranco do dia a dia.


   





\ º /